quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Aos republicanos com ânsias de realeza e aos reizinhos presidenciáveis

Este é dedicado aos candidatos que tomam o lugar dos reis ou às repúblicas de papel apreciáveis aos olhos da saciedade que muito se tem divertido nestes dias com candidatos à altura do circo.

Os mesmos que são guiados pelo Génio do Povo (que lhes vota a indiferença) e vivem na ansiedade dos anos eleitorais com esperança de ficar para a história (ainda que lhes votem o desprezo).

Aqui está o herói de todos os regimes, Luís Bonaparte (o tal Napoleão III) que recebe do Povo a coroa da República.

Já que temos tanto republicano coroado, fica aqui a minha homenagem aos senhores e senhoras que aos tropeções correm a caminho Belém.




ilustração: Louis-Napoléon Bonaparte Guidé par le Génie du peuple et la République reçoit des mains de la France la Couronne de la Présidence. 1848, lithographie 21,9 x 28,4 cm. Lorderdau, éditeur, rue Saint Jacques, 59 .Bibliothèque nationale de France.


Com o hino da campanha eleitoral e tudo



Sem comentários:

Enviar um comentário