terça-feira, 30 de abril de 2013

Os anjos na representação




 "Os anjos voam porque se encaram a si próprios com ligeireza, porque não se levam excessivamente a sério. (...) O céu que cobre as figuras das antigas pinturas cristãs parece um pára-quedas azul ou dourado. As figuras dão todas a impressão de estarem a prepara-se para levantar voo, para flutuar nos céus. A capa esfarrapada do pedinte do pedinte há-de elevá-lo, como as plumas raiadas dos anjos os elevam a eles. Os reis, porém, cobertos de ouro e orgulhosos nas suas vestes de púrpura, estão, pela sua natureza própria, condenados a afundar-se, porque o orgulho não consegue prover à ligeireza nem à levitação."

G.K. Chesterton, in "Ortodoxia":

Sem comentários:

Enviar um comentário