quarta-feira, 12 de abril de 2017

Quinta-feira Santa


pintura: Jesus profetiza sua traição por Judas, por Carl Heinrich Bloch.



Celebra a Igreja Católica o Ofício da Ceia de Nosso Senhor Jesus Cristo na Quinta-feira, porque havendo de partir deste mundo instituiu o Altíssimo e Santíssimo Sacramento da Eucaristia, prova de seu Divino Amor. Iniciando-se o tríduo pascal relembra-nos, pois, os mistérios da paixão, morte e ressurreição de Cristo. Revive-se, nesta Quinta-feira Santa, algumas das passagens mais importantes do Evangelho, a Última Ceia, base escritural para a celebração da Eucaristia, tal como instruiu Cristo aos discípulos, partindo o pão e bebendo o vinho em Sua memória, comprovação de tão pródiga e Divina Liberalidade, para que assim, também o homem caído no pecado se levantasse. Estes elementos, a presença do verdadeiro corpo e do verdadeiro sangue de Cristo, recordou-nos São Tomás de Aquino, "não a apreendemos pelos sentidos, mas só pela fé que se apoia na autoridade de Deus”.


Sem comentários:

Enviar um comentário