sábado, 20 de dezembro de 2014

À Pátria - Vianna da Motta

“A Sinfonia em lá maior "À Pátria" é uma página de um elevado simbolismo, uma síntese luminosa e profundamente sugestiva dum momento histórico determinado; o autor, representando o momento de crise em que a pátria parece soçobrar, fá-la ressurgir de novo para uma vida gloriosa num como rejuvenescimento da alma nacional. Ela divide-se em quatro tempos, os da forma clássica do modelo beethoveniano, tendo cada um a sua significação própria”. - António Arroyo




José Vianna da Motta - Symphony in A major, "A Patria" (1908)

Sem comentários:

Enviar um comentário